quarta-feira, 30 de março de 2016

É feito de quê?

Quando comecei a costurar as bolsas, logo percebi que gerava muito resíduo. E o motivo de ter começado a fazer bolsas, foi justamente o cuidado com o planeta. Comecei a guardar todos os restinhos de linhas, retalhinhos etc. Sabia que um dia acharia um fim para aquilo. e veio logo em seguida. Resolvi usar para fazer aquele fundo reforçado das bosas, sabe? para que ela não fique com aquele aspecto de fralda de bebê cheia, rsrsrs. 

Também uso os restinhos, para misturar com a fibra siliconada e preencher as almofadas.
Hoje resolvi mostrar para vocês, como é que eu faço os fundos das bolsas.

Também criei o marcador Como é que é feito, para ir mostrando alguns processos do meu trabalho. 
Alguma coisa dos bastidores sempre fascina, não?
Vamos às fotos?








Em outro post, mostro a bolsa pronta. 

3 comentários:

Frida Lucia disse...

Ótima ideia Nina, adorei.
Bjos. Frida Lucia

lansucci disse...

Fantástico. Eu tenho o maior dó de jogar fora qualquer apara. Já viu um post da Cláudia www.superziper.com falando sobre ORT? Interessante. Bjinho

Nina de Oliveira disse...

Desde de que comecei a costurar, eu fiava com pena de jogar fora as ourelas. Uso de várias maneiras, até como fita em pacotes de presentes. Vi que tem pessoas que fazem crochê com elas, inclusive. Do post do Superziper eu não me lembro. Neste fundo das bolsas, eu uso só os retalhinhos, sobras, mesmo. As Ourelas eu guardo para algo mais nobre, hehehe.
Obrigada pela visita.
Beijos
Nina